Como fazer chá de Guaco e quais são seus benefícios

O Guaco (Mikania glomerata Spreng) é uma planta nativa do Brasil, também conhecida como erva-de-cobra, cipó-catinga, guaco-de-cheiro, guaco-cheiroso, guaco-liso, coração-de-jesus, cipó-almacega, entre outros. Possui propriedades medicinais concentradas em suas folhas, sendo muito utilizado no alívio da tosse, gripes, resfriados, entre outras infecções do trato respiratório, ajudando no fortalecimento do pulmão, relaxando a musculatura das vias aéreas, facilitando a expulsão do muco e melhorando a respiração.

Além de seus efeitos terapêuticos consistentes sobre as vias respiratórias, existem estudos que apontam outras propriedades do Guaco, como anti-inflamatória, empregada em casos de reumatismo e nevralgias, e cicatrizante, utilizada nos casos de infecções dermatológicas.

As folhas de Guaco possuem como principal marcador químico, a cumarina, responsável por suas propriedades expectorantes e broncodilatadoras.

A planta pode ser uma ótima aliada durante as estações mais frias e secas (outono e inverno), quando há uma maior incidência de gripes e resfriados.

Receitas de chás

Os chás caseiros feitos apenas com Guaco, ou com a combinação de outros ingredientes, são alternativas que ajudam no alívio da tosse decorrente de gripes e resfriados, principalmente. Vale lembrar que, apesar de naturais, não devem ser utilizados em quantidades exageradas e de forma prolongada. A dose diária de cumarinas (presentes em altas concentrações nas folhas de guaco) recomendada para adultos é de 0,5 a 5mg/dia, por isso, é necessário seguir corretamente as indicações de consumo dos chás. Verifique também, as contraindicações da planta que comentaremos ao final deste artigo, e não deixe de consultar seu médico de confiança para maiores orientações.  

Chá de Guaco: 1 ou 2 folhas frescas de guaco e 1 xícara de água quente. Pique as folhas e coloque-as para infusão na água quente. Aguarde 5 minutos, coe e beba.

Chá de Guaco com Mel: 8 folhas de guaco, 1 colher de sopa de mel e 500ml de água fervente. Adicione as folhas na água quente, tampe e aguarde 15 minutos. Coe e adicione o mel. Tomar apenas 3 colheres de sopa ao dia, até que note alívio da tosse.

Xarope de Guaco

Além dos chás, o xarope de Guaco pode ser uma ótima alternativa no alívio da tosse e rouquidão. Existem os xaropes produzidos apenas com a planta, mas também os compostos, que reúnem outros extratos benéficos como própolis e poejo, por exemplo, que também ajudam a “limpar” as vias respiratórias.

Conheça o xarope composto RADD, que você encontra aqui na Anagallis: https://www.farmaciaanagallis.com.br/xarope-dr-radd-150g

Contraindicações

O Guaco está contraindicado em crianças menores de um ano, gestantes e pessoas que fazem o uso de anticoagulantes. Pessoas com problemas hepáticos devem ter cuidado ao fazer uso da planta.

Os efeitos adversos são relatados em casos de uso incorreto.

Caso faça uso de algum medicamento contínuo, o consumo do guaco deve ser validado juntamente com um profissional habilitado.

Ao persistirem os sintomas, é fundamental realizar uma melhor investigação do quadro, afastando a possibilidade de doenças mais graves.

 

Fontes consultadas: Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) | Biblioteca Virtual em Saúde – Ministério da Saúde | G1 | Tua Saúde | Sociedade Brasileira de Farmacognosia.


Deixe seu comentário.